Para que serve um Levantamento Topográfico?

17-05-2021

O levantamento topográfico e por que ele é importante ?


O levantamento topográfico geralmente é o primeiro passo em qualquer projeto de obras ou estudo. Ele é que determina o estado do terreno e onde a construção terá o seu lugar para que sua base seja realizada de maneira correta.

O objetivo deste trabalho é levantar dados relativos ao imóvel para a elaboração da planta do terreno, com estes dados lineares e angulares gerados, os Engenheiros e Arquitetos podem criar as plantas e o perfis topográficos do local.

Através de equipamentos de altíssima precisão como estação total e GPS topográfico, drones e uma vasta gama de softwares, o profissional  de topografia consegue fazer vários tipos de levantamentos topográficos:

  • Levantamento Planimétrico ou Planimetria: determina horizontalmente os limites do terreno, ou seja, o perímetro total e seus contornos;
  • Levantamento Altimétrico ou Altimetria: É ilustrado através de curvas de nível. São os valores mostrados em metros, a partir do nivelamento geométrico do mar, ou seja, a altura do terreno e demonstra seus relevos;
  • Levantamento Planialtimétrico: é a união da planimetria e altimetria. É a planta exata do terreno, que mostra tanto os contornos, quanto a altitude do local.

Resumindo, o levantamento topográfico é o ato de localizar e mapear todas as características da superfície de um terreno ou local. Especificamente, o levantamento mede e mostra a forma, configuração e outras características tridimensionais aplicáveis do solo para criar contornos. 

Os levantamentos topográficos também podem incluir objetos naturais, como árvores, grandes rochas, bem como características artificiais, como edifícios, muros de contenção, ruas, calçadas, paisagismo e polos de serviço. O mapa gerado pelo levantamento ainda pode incluir informações corretas de linha de limite que muitas vezes são necessárias para contratempos.

Os locais onde podem ser feitos os levantamentos de topografia ou topográficos são: 

loteamentos, estradas e vias, aeroportos, edificações, barragens e até em outro planeta como Marte, neste momento se esta a realizar o mapeamento deste planeta.

O passo-a-passo do levantamento topográfico acontece da seguinte forma:

  • Coleta dos dados in loco
  • Cálculos topográficos
  • Criação do desenhos topográficos, e mapas cartográficos.

Quais os métodos e equipamentos de levantamento topográfico utilizamos?

Nós utilizamos nos levantamentos topográficos três métodos principais, e muitas vezes são uma combinação dos três, pois cada meio tem uma força diferente:

  • Aérea: a fotogrametria e os novos varrimentos com  laser scan, são utilizados para determinar os contornos da superfície de grandes áreas e obtenção de Ortofotomapas e mapas 3D;

  • O GPS (GNSS) em tempo real (RTK) permite um mapeamento rápido de áreas abertas que não são suficientemente grandes para justificar o uso de métodos aéreos;

  • Estações totais: uma equipe de campo está no local e mede diretamente cada recurso. Utilizado quando existe cobertura da árvores, prédios e não é possível a utilização de outras tecnologias ou quando os níveis de precisão mais altos são necessários.

O que influência o custo de um Levantamento topográfico?

A estimativa para um levantamento topográfico pode variar de acordo com diversos fatores. Os mais influentes são a forma, relevo e tamanho da propriedade, a quantidade de árvores e a precisão necessária. A sua limpeza e rapidez dos trabalhos de campo e em gabinete com desenhos são as de maior impacto no preço.

Influências menores também interferem como acessibilidade, distância, condições meteorológicas e o formatos e precisões dos mapas requisitados. Por exemplo, o levantamento de uma área montanhosa custará mais do que um terreno plano. Da mesma forma, um campo aberto é mais fácil de medir do que uma floresta cheia de árvores. ou mesmo uma zona urbana com imensos detalhes de construção.